segunda-feira, 5 de julho de 2010

Campanha - Greenpeace Black Pixel Project

Um belo vídeo de uma campanha do Greenpeace, mostra que com pequenas atitudes podemos fazer diferença e ajudar nosso planeta.




Para instalar o aplicativo basta visitar o site www.greenpeaceblackpixel.org

terça-feira, 29 de junho de 2010

Nigéria sofre com vazamentos de petróleo há mais de 50 anos

Lendo essa bela matéria publicada no Blog EcoDesenvolvimento, percebi que sabemos pouca coisa que acontece em nosso planeta, veja a matéria.

Foto: Jane Hahn - NYT
Depois do pronunciamento do presidente norte-americano Barack Obama sobre o vazamento de petróleo no Golfo do México e as medidas emergências exigidas pela comunidade internacional para conter o desastre ambiental, o jornal New York Times revela um caso de abandono na África Ocidental.

Em reportagem publicada quarta-feira, 16 de junho, o NYT relata a situação no Delta do Níger, na Nigéria, onde grandes vazamentos de petróleo ocorrem há 50 anos. A quantidade de petróleo na natureza é equivalente a um derramamento do navio Exxon Valdez (de 41 milhões de litros, ocorrido no Alasca, em 1989) ao ano, segundo estimativas. O petróleo vaza quase todas as semanas, e alguns pântanos há muito tempo não têm mais vida.

O jornal destaca que é possível que em nenhum lugar na Terra tenha sido tão castigado pelo petróleo, e os habitantes estão impressionados com a atenção constante ao vazamento da plataforma da British Petroleum. “Há poucas semanas, um duto da Royal Dutch Shell que havia estourado nos mangues foi fechado após vazar por dois meses: agora, não há um ser vivo em um mundo preto e marrom outrora povoado por camarões e caranguejos.”, informa Adam Nossiter, repórter do NYT.

Os vazamentos na Nigéria são causados por dutos enferrujados, nunca fiscalizados em razão de regulamentação ineficiente ou criminosa e afetados por manutenção deficiente e sabotagens. Nada menos que 2 bilhões de litros vazaram no Delta do Níger nos últimos 50 anos, concluíram especialistas em relatório de 2006.

Apesar da situação, os protestos não são frequentes. A reportagem informa que no mês de maio, soldados que guardam um local da Exxon Mobil espancaram mulheres que realizavam uma manifestação. "Não temos a imprensa internacional para cobrir o que acontece aqui, então ninguém se preocupa. Sentimos muito pelo golfo, mas é o que acontece aqui há 50 anos", disse Emman Mbong, uma autoridade em Eket.




Via > EcoDesenvolvimento.org

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Documentário - A Carne é Fraca

Bom galera, estou postando esse vídeo, para mostrar como o nosso sistema produtivo é ruim e sem estrutura, minha intenção é mostrar que existem falhas e se bem estudadas conseguiremos ótimas soluções. Não sou vegetariano e acredito que não seja necessário chegar à esse ponto para tomarmos consciência das barbaridades que acontecem em nosso planeta, veja o vídeo e comente:

Parte 1/2






Parte 2/2



  © Verde Visão 2008-2010. Todos os direitos reservados | Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br