quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Já Plantou Sua Árvore Hoje?


Bom pessoal, todos sabemos que plantando árvores recebemos vários benefícios, e o benefício que esta na "moda" é o sequestro de carbono o famoso CO2.

Uma maneira de ajudar nessa tarefa pode ser plantando árvores, existem várias formas de plantar sua árvore, você pode ir em um viveiro comprar sua muda e plantar ou até mesmo recorrer as empresas especializadas em sequestro de carbono que calculam a quantidade de carbono que você produz e te mostra quantas árvores são necessárias para "zerar sua conta" e fazem o plantio para você, mas claro isso tem um custo.

Esses dias passeando pela internet, entrei no site do Click Árvore, que disponibiliza o plantio de árvores "grátis", claro que as árvores não são grátis, os patrocinadores que pagam e você pode plantar uma árvore por dia.

Sabei que não é isso que vai salvar o mundo, mas já é um começo, aproveite a dica e plante a sua árvore!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Preciso da sua Ajuda


Olá pessoal, venho aqui fazer uma coisa que nunca achei legal, pedir comentários. Sou novato na área de blog e comecei a escrever por vontade de passar o pouco que sei, e seu comentário em cada post vai ajudar a saber se estou agradando ou não, e qual tipo de informação a maioria do pessoal gosta. Bom, não peço para concordar comigo, quero sua opinião, assim como deixo a minha aqui e claro sugestões de temas sempre são bem vindas, um forte abraço.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Na hora da Cerveja você prefere Lata ou Long Neck?



Final de semana chegando, carnaval e muita festa, esses fatores aumentam e muito o consumo de cerveja e outras bebidas, mas você já parou para pensar quanto de resíduo isso causa? Calma, não quero que você deixe de tomar sua cerveja por causa disso, mas que tal escolhermos a embalagem que é mais reciclada e causar menos impacto ambiental?

Como todos sabem as garrafas long neck não são retornáveis (isso é uma pena!), e seu destino mais comum são os aterros sanitários e lixões, uma pequena parcela é reciclada, ao contrário da lata de alumínio que mais de 90% são destinadas à reciclagem, gerando renda para milhares de catadores em todo Brasil e claro diminuindo o impacto ambiental.

Bom agora acho que dá para fazer uma forcinha e tomar a sua cerveja na lata, abraço e bom carnaval.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Quem é o Dono do Lixão do Pacífico?


Essa semana foi mostrado na televisão uma reportagem sobre o "Lixão do Pacífico" assim batizado a grande massa de lixo acumulada no oceano pacífico, essa reportagem alertou mais uma vez sobre o nosso descaso com o meio ambiente. Para piorar ainda mais o drama, estudos mostram que, 70% de todo o lixo que vai para os oceanos vão para o fundo do mar, e o que vimos na TV é só a ponta do iceberg, sem contar outros pontos do globo onde também ocorre acúmulo de lixo.

No final da reportagem me deparei com algumas questões: Quem vai tirar todo aquele lixo do mar? De quem podemos cobrar isso?

Sinceramente eu não sei responder, mas o que eu posso arriscar é, enquanto aquele monte de lixo não tiver valor comercial, ele vai permanecer lá do jeito que está, quem sabe alguma ONG com bons recursos não acaba se arriscando nessa empreitada, mas acho pouco provável, pois a retirada desse lixo todo deve ser muito cara, e se for retirado todo o lixo, aonde vamos colocar tudo isso? puts, mais um impacto ambiental?

Bom, acho que já temos muitas perguntas sem respostas e com esse pequeno artigo só quero que você pense bem antes de sair do mercado com aquele monte de sacolas plásticas.

Comentem!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Quantas Lixeiras Diferentes Tenho Que Ter em Casa?

A preocupação é a seguinte, preciso ter 5 lixeiras diferentes em casa para destinar meu resíduo corretamente?

Ao contrário da maioria, sou a favor de separar o lixo em 2 partes, lixo seco e lixo úmido. Pois acredito que é uma forma mais prática e teremos mais pessoas separando seu resíduo em casa.

Ai você pergunta, opa! e como vão reciclar o meu resíduo se eu misturei papel, metal, vidro tudo em um único saco de lixo?

A recliclagem começa assim (pelo menos aqui na minha cidade), existe 2 caminhões, um para a coleta normal e outro para a coleta seletiva, só que nesse caminhão da coleta seletiva não existe nenhum compartimento separando o resíduo papel do resíduo metal ou vidro, vai tudo misturado e quando chega nas cooperativas esse resíduo terá uma nova triagem, estando o lixo organizado ou não. Agora que você entendeu como funciona, é só colocar em prática e fazer sua parte.

Você também pode combinar com o catador de papel do seu bairro um ou dois dias da semana, com isso você ajuda o meio ambiente e de quebra da uma ajudinha para o catador também.

Abraço

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Curso de Capacitação LEED

Estão abertas as inscrições para o curso de extensão em Projetos Sustentáveis organizado pelo Green Building Council Brasil e pela Fundação para Pesquisa Ambiental. Os participantes serão capacitados com base no sistema de certificação Leadership in Energy and Environmental Design (Leed), que classifica a edificação a partir de critérios de sustentabilidade ambiental em diferentes categorias, envolvendo avaliações que vão desde o terreno até a administração do consumo de água e energia, uso de materiais renováveis, qualidade do ar interno do edifício.

O curso será realizado na sede da Fundação para Pesquisa Ambiental a partir de março. Coordenado pelo professor-doutor Marcelo de Andrade Romero (FAU-USP), com vice-coordenação do professor-doutor Alberto Hernnadez Neto (Poli-USP), contará com docentes de escolas com a Politécnica, FAU, Belas Artes, Faap, entre outros.

Como todos sabem, a área de construção civil com selo verde no Brasil ainda esta engatinhando, isso torna um bom campo para quem está comecando. Informe-se pelo Telefone: (11) 3554-6060.


Via > Invertia Sustentabilidade

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

4 Dicas para Construir sua Casa

Com pequenas medidas na hora da construção ou reforma podemos ajudar o planeta e até mesmo o nosso bolso, veja as dicas:


1- Tijolo Ecológico Solo Cimento
Esse tijolo é ecológico pois sua secagem é feita através do sol, eliminando a queima que é usada nos tijolos tradicionais. Segundo as empresas que fabricam esses tijolos, a economia pode chegar até 50% em relação à construção tradicional, além de outras vantagens, veja aqui!


2- Madeira com Certificação de Origem
Madeira certificada acompanha o DOF (Documento de Origem Florestal) emitido pelo IBAMA, isso prova a legalidade da origem. Sem contar que a Caixa já está exigindo o DOF para a liberação de crédito das construtoras, em média este tipo de madeira custa 15% mais do que a madeira sem certificação de origem.


3- Aquecedor Solar
Aquecedor solar é uma ótima medida de economia, sabendo que o chuveiro elétrico é responsável pelo maior consumo da casa, e ainda podemos economizar um pouco mais no momento da construção com o projeto do Aquecedor Solar Caseiro, pois utiliza materiais reciclados.



4 - Instalação de Cisterna
A água da chuva é coletada através das calhas dos telhados, passa por filtros e fica armazenada na cisterna, essa água pode ser aproveitada nas descargas dos sanitários, lavar calçadas e regar jardim. Essa medida gera grande ecomonia e diminui o disperdicio de água potável.

Algumas mudanças acabam saindo a mais que uma construção tradicional, mas a médio prazo com a economia que você ganha vale a pena, no final de tudo, você sai economizando dinheiro e meio ambiente, pense nisso quando for construir.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Aberta Inscrição para Trabalhos Científicos


Estão abertas as inscrições de Trabalhos Científicos para o VI Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação que vai acontecer em Curitiba - PR. Você pode enviar seu trabalho até dia 31 de março de 2009 AQUI, atravéz do formulário on-line.


Via > Fundação O Boticário

Custo de Preservação Embutido no Preço


Grande parte dos alimentos consumidos por europeus causam impacto à floresta na América do Sul. Defendendo essa tese, a rede de ONGs WWF, que atua em vários países do mundo, inclusive no Brasil, quer convencer a população européia a prestar mais atenção no que eles compram no supermercado.


“É muito fácil falar que os brasileiros são culpados pela destruição. Não são. É uma cadeia de compra e venda. Se destruímos a floresta para produzir soja e carne, é porque existe uma demanda violenta por soja e carne. Nosso objetivo é mostrar que o consumidor tem parte nesse problema”, explica Mauro Armelin, Coordenador do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Sustentável da WWF-Brasil.

Segundo Armelin, o custo desses problemas ambientais deveria estar embutido no preço dos alimentos comprados pelos europeus. “Quando se compra um quilo de soja, ele não paga pelas externalidades, que são o desmatamento, a perda da biodiversidade, a erosão”, argumenta.


Via > Globo Amazônia

Desmatamento ZERO em Áreas de Pecuária na Amazônia Legal

Em março será anunciado pelo governo federal o projeto Desmatamento Zero em Áreas de Pecuária na Amazônia Legal. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11/02) pelos ministros do Meio Ambiente, Carlos Minc, e da Agricultura, Reinhold Stephanes, ao participarem de uma oficina que debateu a agricultura sustentável na região no encontro de novos prefeitos, em Brasília. Também participou do evento o ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel.


Minc informou que uma das medidas será a assinatura, também em março, de um pacto com a Associação Brasileira de Exportadores de Carne (Abiec), para a moratória da carne em áreas desmatadas. Segundo ele, o trabalho será em conjunto com as associações não-governamentais Instituto do Homem da Amazônia (Imazon), o WWF e o Greenpeace, que têm mapeado o avanço da agropecuária em áreas preservadas. O projeto prevê a intensificação de oito medidas para a recuperação de áreas degradadas e vedar a expansão da pecuária em áreas florestais. O pacto com a Abiec, ainda de acordo com o ministro, será pelo abate legal. Por ano, no Brasil, são abatidos 40 milhões de cabeças de gado. Destes, 25 milhões têm o carimbo da Vigilância Sanitária e 25 milhões não possuem o carimbo. "Dentro destes ilegais estão os bois piratas", lembrou Minc.


A intenção parece boa, agora só nos resta esperar e ver se tudo vai rolar bonitinho na prática.



Via > MMA

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Amazônia pode render 50 bilhões por ano ao país


Segundo cálculo da ONG WWF, a floresta vale mais preservada do que desmatada para a agricultura ou a pecuária. A retenção de CO2, o principal gás causador do aquecimento global, teria um valor estimado de até R$ 226 por hectare por ano. Se considerarmos que existem 219 milhões de hectares de florestas protegidas, entre unidades de conservação e áreas indígenas, o Brasil poderia lucrar R$ 50 bilhões por ano com essas áreas verdes.

A proposta é mostrar que os serviços florestais podem valer mais do que as atividades econômicas que existem hoje na Amazônia, como a pecuária e a soja, responsáveis por grande parte dos atuais índices de desmatamento de 10 mil quilômetros quadrados por ano. A conversão de florestas em pastos é responsável por 78% de tudo que já foi derrubado na Amazônia.


Via > Época Notícias


terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Hora do Planeta 2009

A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população de todo o mundo são convidados a demonstrar sua preocupação com o aquecimento global e as mudanças climáticas. O gesto simples de apagar as luzes por sessenta minutos, possível em todos os lugares do planeta, tem o significado de chamar para uma reflexão sobre o tema ambiental.



Em 2009, a Hora do Planeta será realizada no dia 28 de março, das 20h30 às 21h30, e pretende contar com a adesão de mais de mil cidades e 1 bilhão de pessoas em todo o mundo. Mais de 170 cidades de 62 países já confirmaram sua adesão à Hora do Planeta e com certeza estarei fazendo minha parte, e você?


Via > WWF

Aquecedor Solar Caseiro

No meu primeiro post e quero compartilhar com vocês essa excelente idéia que conheci na faculdade e posteriormente no blog do Dr. Chicletinho, trata-se de um aquecedor de água que utiliza a energia solar, e o melhor, sua construção é feita com materiais recicláveis e com isso seu custo é muito baixo. Segundo o Sr. José Alcino o inventor do projeto, a economia com energia elétrica pode chegar a 70%.

Você esta curioso para ver começar seu projeto? Basta fazer o download AQUI, e começar.

Abraço

Via > Dr. Chicletinho

  © Verde Visão 2008-2010. Todos os direitos reservados | Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br