terça-feira, 31 de março de 2009

Manifestação no Parque Nacional do Iguaçu

Representantes de organizações não-governamentais farão uma manifestação pacífica no portão antigo do Parque Nacional do Iguaçu (PNI), na próxima quinta-feira (02), às 12h45. A intenção do grupo é fechar o acesso pelo portão antigo por uma hora para chamar a atenção da sociedade, principalmente das pessoas que trafegam pela rodovia no interior do PNI, sobre a necessidade de respeitar os limites de velocidade dentro da Unidade de Conservação para evitar o atropelamento de animais.

Segundo Márcio Bortoli, da ONG ADERE (Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia - Foz do Iguaçu), um dos coordenadores do movimento, a mobilização foi originada depois do atropelamento de uma onça pintada no quilômetro 27 da BR-469, no interior do PNI, no último sábado (detalhes abaixo). “Estamos convocando todos os ambientalistas de coração para uma manifestação pacífica. A intenção é bloquear a entrada do parque por 1 hora e, através dos canais de comunicação, manifestar nosso interesse em diminuir o acesso de veículos dentro da Unidade de Conservação”, defende.

Para quem quiser participar do ato e precisar de transporte, terá um ônibus que sairá da frente do Hotel Bella Italia, ao meio dia. “Convide amigos e todas as pessoas que tem interesse em preservar a natureza para que possam participar e de alguma forma ajudar”, finaliza Márcio Bortoli.

Atropelamento – Apesar do limite de velocidade, devidamente sinalizado ao longo da rodovia que corta o PNI, variando de 40 a 60 km/h, o número de atropelamentos de animais silvestres continua sendo uma preocupação para os gestores do Parque. Exemplo disso é que no último sábado (28), durante a madrugada, uma onça pintada, animal símbolo do Parque e ameaçado de extinção, foi atropelada dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Segundo o médico veterinário do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Raphael Xavier, o animal pesava 64 quilos, era um macho adulto jovem, de aproximadamente 5 anos. “Pelos ferimentos do animal e pelo impacto provavelmente foi atingido por um carro de médio a grande porte e que estava acima da velocidade permitida dentro do Parque”, destaca Xavier.

Penalidade – A investigação para identificar o condutor que atropelou a onça pintada segue desde sábado. Caso o responsável seja identificado, conforme determinada a legislação de crimes ambientais, a penalidade pode ser multa e até prisão. Além disso, a administração do PNI também pode punir o motorista com a proibição de conduzir qualquer veículo dentro do Parque. “É muito triste você ver um animal como esse, em plena idade reprodutiva, ser morto de uma forma tão banal (por desrespeito ao limite de velocidade dentro da Unidade de Conservação), ainda mais se pensarmos na população cada vez menor das onças pintadas”, desabafa Mariele Mucciatto, bióloga que atua na Escola Parque, entidade de educação ambiental que atua dentro do PNI.

Manifestação pacífica na entrada do PNI
Data:
02/04/09
Horário: 12h45
Transporte: ônibus gratuito (saída na frente do Hotel Bella Italia, às 12h)
Mais informações com: Márcio Bortoli (ADERE) – fone 3521-6000 ou 88054341
Foto : Daniele Rodrigues

Via > Click Foz do Iguaçu

sexta-feira, 27 de março de 2009

Apenas Assista

Mais uma bela dica do blog Vivo Verde, vale à pena!




Via > Vivo Verde

quarta-feira, 25 de março de 2009

Curso de Propriedade Intelectual e Inovação no Agronegócio

CURSO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO NO AGRONEGÓCIO promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O Curso será realizado na modalidade de educação a distância (EaD) e consiste em diversos módulos a serem disponibilizados gradual e gratuitamente pela Internet, clique aqui e faça sua inscrição.

Este primeiro Módulo, denominado INTRODUÇÃO À PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO NO AGRONEGÓCIO visa sensibilizar, capacitar e atualizar profissionais que atuam no espaço temático da inovação e da propriedade intelectual, em suas aplicações para o agronegócio. Seu conteúdo abrangerá conceitos, legislações e os principais assuntos relacionados ao tema (como patentes de invenção, modelos de utilidade, desenho industrial, marcas, programas de computadores, indicação geográfica de produtos agropecuários e proteção de cultivares), além de discussões atuais sobre propriedade intelectual no âmbito do conhecimento tradicional relacionado ao acesso e uso de recursos genéticos.

Ao todo serão oferecidas 1000 vagas (distribuídas em todo o território nacional) para este primeiro módulo, que terá duração de dois meses, com carga horária total de 90 horas-aula e certificação emitida pela UFSC (Extensão Universitária).

Inscreva-se! Participe! As inscrições do Módulo Básico INTRODUÇÃO À PROPRIEDADE INTELECTUAL E INOVAÇÃO NO AGRONEGÓCIO foram prorrogadas até o dia 31 de março de 2009 (segunda-feira). O início da formação está previsto para maio de 2009.

ATENÇÃO! Pelo seu teor e abordagem, o Módulo Básico será pré-requisito para os demais módulos a serem oferecidos pelo MAPA nessa área temática.

INSCRIÇÕES: clique aqui.

INFORMAÇÕES: mapa@sead.ufsc.br

Metrópoles não são as vilãs de emissões

Passeando pelo Planeta Sustentável e vi essa matéria muito bacana, vale a pena conferir.

Uma pesquisa divulgada hoje no jornal Environment and Urbanization revela que as emissões de carbono das metrópoles dos países mais ricos do mundo estão abaixo da média nacional. O dado parece estranho, já que costumamos associar as grandes cidades como as maiores responsáveis pelo aquecimento global.

No entanto, o que o autor da pesquisa, David Dodman, do Instituto Internacional do Meio Ambiente e Desenvolvimento descobriu, ao analisar os relatórios de emissões de cidades da Ásia, América Latina, América do Norte e Europa, é que os grandes vilões da história não são as metrópoles em si, mas o consumo insustentável e o estilo de vida dos habitantes dos países ricos de uma maneira geral.

E isso também vale para o Brasil. Segundo Dodman, as duas maiores cidades brasileiras, São Paulo e Rio de Janeiro, emitem menos de um terço do que a média nacional de emissão de gases de efeito estufa per capita.

Além disso, de acordo com uma reportagem publicada ontem dia 24/03/09, no jornal Folha de S. Paulo, nossas metrópoles estão entre as que emitem menos carbono por habitante das 12 analisadas pelo estudo, especialmente no setor de transporte – o mesmo não vale para o setor de lixo, em que ainda emitimos mais do que Nova York, por exemplo, que aproveita o metano dos aterros sanitários.

Um ponto do estudo que deve ser questionado é o fato de que muitas das mercadorias consumidas nas metrópoles não são produzidas ali. A pergunta é: de quem é a conta, das cidades ou países que as produziram ou de quem vai utilizá-las?




Via > Planeta Sustentável

terça-feira, 24 de março de 2009

Adote um Cão

Para adotar um cão ou gato no Centro de Controle de Zoonoses de Foz do Iguaçu (PR), os procedimentos são relativamente simples: basta ir até o local munido de alguns documentos (xerox de RG e CPF e comprovante de residência) , pagar uma taxa de R$ 17,05 no banco (ou casa lotérica) e escolher um animal.

No entanto, a adoção de um cão ou um gato, envolve muito mais responsabilidade do que apenas os procedimentos citados.

Um dos grandes problemas verificado em nossa sociedade, não apenas em Foz do Iguaçu, é que há uma tendência a não se valorizar a vida dos animais, de modo geral. As pessoas ignoram que seus animais de estimação precisam de vacinas e vermífugos anualmente. E quando eles ficam doentes, muitas vezes, acabam padecendo de problemas de cura fácil simplesmente porque seus donos não querem gastar dinheiro. Situação ainda mais triste e extremamente comum é quando o animal fica velho e as pessoas querem se desfazer dele, mesmo com a consciência de que aquele animal lhe foi leal durante toda a vida, seja fazendo companhia, seja cuidando de sua casa.

Já está provado que os animais são seres sencientes, ou seja, eles são capazes de sentir dor, alegria, medo e ansiedade. Além disso, eles têm necessidades básicas como todos nós: precisam de comida, abrigo, exercícios físicos e assistência veterinária. Ter um animal envolve um conjunto de responsabilidades que hoje chamamos de guarda responsável. Isso significa que ao adquirir um animal, a pessoa deve se responsabilizar por ele em todos os momentos de sua vida, sabendo que ele pode ficar doente e que um dia ficará velho, necessitando de cuidados ainda mais especiais.

A guarda responsável inclui ainda a manutenção dos animais dentro de casa, impedindo seu acesso à rua, onde está sujeito a atropelamentos, brigas, doenças e maus-tratos. Gatos também devem ser impedidos de ir às ruas.

A castração de machos e fêmeas também é um princípio da guarda responsável. É uma cirurgia feita pelo médico veterinário em machos e fêmeas e que impede de modo permanente que os animais se reproduzam. A castração reduz a possibilidade de gerar filhotes indesejáveis e o abandono das ninhadas. A castração faz com que os animais fiquem mais tranquilos e “caseiros”, evitando que sofram os problemas que encontrariam na rua. Animais jovens, antes mesmo de apresentarem o primeiro cio, no caso das fêmeas, podem ser castradas. Nos machos, a cirurgia é simples, com a retirada dos testículos, e se feita nos animais jovens, impede que eles adquiram o hábito de urinar para marcar território. Animais castrados também têm menor risco de desenvolver doenças como tumores dos órgãos genitais.

Certamente, ter um animal em casa nos leva a ter muitas responsabilidades e um mínimo de despesa financeira, mas perto de tudo o que um amigo de pêlo pode nos oferecer em termos de companhia e proteção, torna-se muito pouco. Um cão ou gato bem-cuidado e amado, vive em média, de 10 a 15 anos, e nesse tempo, pode proporcionar muitos momentos de alegria à família.


Esse artigo foi uma bela colaboração da Luciana Chiyo que é Médica Veterinária do CCZ de Foz do Iguaçu-PR.

Mande seu artigo também.

Siga-Me

Bom galera, quero anunciar à vocês que o Verde Visão também esta na onda do Twitter, quem quiser é só clicar no passarinho, e como dizia o Chapolin Colorado, Sigam-me os bons! rsrsrs

Para quem ainda não conhece o Twitter, clique aqui e veja uma ótima matéria publicada no Interney.

sexta-feira, 20 de março de 2009

É Muito Desperdício!

Bom pessoal, passeando pelo belo blog Vivo Verde da Daiane Santana da Silva, que aliás vale à pena dar uma passada lá, tem muita coisa legal... vi esse ótimo vídeo de um grande desperdício que a maioria das crianças e adolescentes fazem e nem percebem.

Bom fica ai a dica para você mostrar para seus filhos e quem sabe até mesmo para o professor do seu filho mostrar para a turma toda, abraço.



Via > Vivo Verde

terça-feira, 17 de março de 2009

Cuidado, Animais Atacando População.

Deprimente como os meios de comunicação tratam os problemas ambientais, e nós, animais da espécie humana, ainda não tomamos conta disso!!! Ainda bem que somos racionais, pena que temos preguiça de pensar e aceitamos qualquer bobagem que vemos e escutamos por ai.

Quem quiser ver a matéria do site da globo clique aqui.

Pássaro legal é pássaro solto

Um rolo compressor, passando por cima de 500 gaiolas apreendidas, e uma gaiola gigante em que as pessoas podem entrar e simular como se sente um pássaro preso, marcaram o relançamento da campanha “Pássaro legal é pássaro solto”, que ocorreu no dia 13 de março, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. A campanha é promovida pela equipe de analistas ambientais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), lotados no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), e tem a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Teresópolis e do Parque Estadual dos Três Picos.

O relançamento da campanha faz parte do trabalho de educação ambiental executado no parque. O objetivo é conscientizar a população sobre os impactos do aprisionamento de aves silvestres, remanescentes da Mata Atlântica, que habitam a área, alertando para o fato de que essa prática é crime ambiental. Com isso, a equipe pretende sensibilizar a população e estimular a entrega voluntária de aves capturadas ilegalmente por moradores da região. Outras unidades de conservação já se articulam para aderir à campanha, como a Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim e a Estação Ecológica (Esec) Tamoios, em Angra dos Reis.

Com uma iniciativa como esta não sobrou muito para comentar, se quiser ler a matéria completa no site do ICMBIO clique aqui.



Via > ICMBIO

sábado, 14 de março de 2009

Faça sua Armadilha contra à Dengue

A Dengue é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus da família Flaviridae e é transmitida através do mosquito Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo. (Fonte: site combate à dengue)

Com essa preocupação o professor Mauroli Cabral da UFRJ, inventou uma armadilha para capturar a larva do mosquito da Dengue o famoso Aedes aegypit e combater o mal pela raiz, assista o vídeo e veja como é muito fácil de fazer a sua:



Não guarde essa dica só para você, repasse! pois só com a colaboração de todos podemos melhorar esse problema ambiental.

Aqui tem um passo a passo de como montar sua armadilha, um forte abraço!

segunda-feira, 9 de março de 2009

É possível ajudar o planeta sem abrir mão do conforto e nem gastar dinheiro!

Passeando pelo site Planeta Sustentável, encontrei essa bela matéria que mostra sites de dicas para reciclagem e reaproveitamento do lixo e vários materiais, veja a matéria completa.

7 SITES PARA SER MAIS ECOLÓGICA:

{txtalt}
- Assista vídeos ambientais
www.eco1.com.br
O portal é semelhante ao YouTube: as pessoas gravam vídeos e colocam lá para que outros possam assisti-los. A única diferença é que ali só entram vídeos sobre educação ambiental. Aproveite a oportunidade para ensinar seu filho a proteger o planeta

{txtalt}
- Faça artesanato com sucata
www.artereciclada.com.br
Aqui tem de tudo: árvore de Natal com folhas de revista, luminária de latinha, cortina de garrafa PET... Com um passo-a-passo bem organizado, o site reúne projetos de vários artesãos e traz dicas para quem adora colocar a mão na massa.

{txtalt}
- Organize a coleta seletiva da sua casa
www.akatu.com.br
O site mostra como é fácil preservar o meio ambiente. Traz dicas para evitar o desperdício de água e energia, além de orientações sobre como separar o lixo reciclável.

{txtalt}
- Descubra quem recebe os recicláveis
www.recicloteca.org.br
Quer saber para onde enviar o material separado em casa? No link “Quem recebe recicláveis”, você descobre quais empresas da sua região reaproveitam materiais.

{txtalt}
- Mantenha-se atualizada sobre o meio ambiente
www.planetasustentavel.com.br
Coletânea de matérias verdes publicadas por várias revistas brasileiras. Traz textos reflexivos e orientações práticas para o dia-a-dia.

{txtalt}
- Conheça móveis feitos com garrafas PET
www.ecoblogs.com.br
Reúne vários blogs que trazem idéias diferentes de artesanato com materiais recicláveis. Dá pra fazer cadeiras e sofás com garrafa PET ou luminárias reaproveitando materiais domésticos.

{txtalt}
- Diminua o impacto do efeito estufa
www.iniciativaverde.org.br
Incentiva o plantio de árvores para compensar os gases que emitimos ao andar de ônibus, consumir energia elétrica...

Vale à pena conferir e guardar em favoritos todos os sites.


Via > Planeta Sustentável

Hora do Planeta com Atores Brasileiros

Mais um vídeo da Hora do Planeta, agora com personalidades brasileiras que participam da Campanha.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Economize Até 15% de Energia Elétrica

Bom pessoal, com tantas maravilhas tecnológicas que temos à nossa disposição, fica difícil criar uma pequena lista para exemplificar. Mas uma grande parte dessa tecnologia temos em nossa casa, com nossos aparelhos de DVD, TV e tudo mais que possa ter um controle remoto ou o famoso modo Stand-by.

O modo Stand-by significa que seu aparelho eletrônico, sempre está pronto para funcionar, com apenas um toque no botão, isso é ótimo não é? você chega cansado em casa, senta no sofá pega o controle remoto e com apenas um botão você liga a TV da sua sala. Mas toda essa comodidade tem um preço que você tem que pagar no final do mês e o pior, a maioria das pessoas nem sabem.

Funciona assim, para que seu aparelho eletrônico esteja sempre pronto para funcionar, ele consome energia elétrica, pouca mas consome. Mas se você somar todos os aparelhos da sua casa que ficam em modo Stand-by você pode tomar um susto. Geralmente são aparelhos que ficam ligados na tomada 24hs por dia, consumindo energia sem necessidade.

Faça o teste na sua casa por 1 mês e veja quanto você vai economizar, retire todos os aparelhos da tomada quando não estão sendo usados, TV, DVD, aparelho de som, microondas, carregador de bateria, fax, impressora, etc.

Ahh, eu fiz o teste em casa e meu consumo diminuiu em mais de 15% , mas essa economia pode variar de acordo com a quantidade de eletrodomésticos que você tem em casa.

domingo, 1 de março de 2009

Pilhas, Qual a Destinação Ambientalmente Correta?

pilha

Esse é um assunto que a grande maioria já conhece um pouco e sabe que a destinação incorreta pode causar sérios problemas ao meio ambiente como poluição de recursos hídricos e tudo mais.


Mas a novidade é que a maioria das empresas (pelo menos as mais conhecidas) já conseguiram eliminar as substâncias perigosas dos seus produtos e com isso podemos fazer o descarte em lixo comum. Legal isso não é? agora podemos descartar nossas pilhas em lixo comum, mas muita atenção, não são todas as empresas e nem todos os tipos de pilhas que podem ser destinados em lixo doméstico.

Mas como descubro se a pilha que comprei pode ser descartada no lixo doméstico?
A legislação brasileira exige que a fábrica ou a importadora de pilhas e baterias apresente a simbologia para descarte do seu produto, com isso podemos saber facilmente como devemos fazer a destinação correta das nossas pilhas, basta você conferir na embalagem e fazer a destinação correta.
recycle0_clip_image002_0000 copy recycle0_clip_image002_0000

  © Verde Visão 2008-2010. Todos os direitos reservados | Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br