quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Zilda Arns - Uma grande lição de amor ao próximo e à vida

 Após um fim de ano com muito trabalho, e sem o tempo necessário para dedicar ao blog, li essa linda matéria  escrita por Daniela Pessoa sobre Zilda Arns, e o blog Verde Visão deixa aqui sua homenagem à essa mulher que é um exemplo a ser seguido por todos.

Ela escolheu a medicina, mais do que profissão, como uma missão de vida. Zilda Arns, médica pediatra e sanitarista nascida em Santa Catarina, enveredou pelos caminhos da saúde pública para salvar crianças pobres da mortalidade infantil, da desnutrição e da violência familiar e social. A solidariedade estava no sangue e o desejo de ajudar o próximo era inabalável. Vítima do terremoto que assolou, no dia 12 de janeiro, o Haiti, a médica tinha 73 anos, morava em Curitiba e deixa cinco filhos, dez netos, mais uma grande lição de amor ao próximo, de vida.
 
A médica era uma mulher que vivia para a assistência humanitária e essa foi sua grande lição. Em 27 anos de trabalho, a Pastoral da Criança conta com a ajuda de mais de 260 mil voluntários e atende quase 2 milhões de gestantes e crianças menores de seis anos, além de 1,4 milhão de famílias pobres em 4.063 municípios brasileiros. 

Não à toa, o reconhecimento por seu trabalho atravessou fronteiras. Zilda Arns participou de eventos em diversos países da África, Europa, além de percorrer toda a América Latina divulgando o trabalho da Pastoral da Criança. 
 
Sua atuação rendeu diversos prêmios e homenagens no Brasil e no mundo, como a comenda da Ordem do Rio Branco (2001), Prêmio de Direitos Humanos (USP / 2000), Personalidade Brasileira de Destaque no Trabalho em Prol da Saúde da Criança (conferido em 1998 pela Unicef), Heroína da Saúde Pública das Américas (conferido pela Organização Pan-Americana de Saúde em 2002).

O prêmio Woodrow Wilson veio em 2007, o Opus Prize, da Opus Prize Foundation (EUA), chegou em 2006 pelo inovador programa de saúde pública que ajuda milhares de famílias carentes. Além disso, Zilda recebeu o título de doutor honoris causa em cinco universidades, entre outros prêmios. Em 2001, a Pastoral da Criança brasileira concorreu ao Prêmio Nobel da Paz, conferido ao então secretário-geral da ONU, Kofi Annan.

O governo paranaense decretou luto oficial por três dias. Que esse tempo possa servir para todos nós refletirmos sobre o legado humanitário de Zilda Arns e nos inspirarmos nessa mulher que abraçou o Brasil e o mundo.

Veja a matéria completa escrita por  Daniela Pessoa em Msn Mulher.
 

Seja o primeiro a comentar

Postar um comentário

Não serão aprovados os comentários:

* com ofensas ou com palavrões
* não relacionados ao tema do post
* com perfil indisponível (anônimo)

Atenção: Os comentários são moderados, portanto não perca seu tempo enviando ofensas pessoais ao blog ou qualquer pessoa que participe dele, pois não será publicado.

Pedidos de parceria ou publicidade no blog, deverão ser encaminhados através da aba Contato.

  © Verde Visão 2008-2010. Todos os direitos reservados | Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br