sábado, 27 de fevereiro de 2010

Hora do Planeta 2010 - 27 de Março



Para quem não sabe o que é a Hora do Planeta, acesse o site do WWF Brasil e fique por dentro,  mas vamos à um "resumão", a idéia é simples, todos apagam as luzes no mesmo dia, durante 1 hora, chamando a atenção do mundo para as alterações climáticas no mundo, essa idéia começou em Sidney, na Austrália, em 2007. Em 2008, a Hora do Planeta tornou-se internacional, e no dia 28 de Março, de 2009, mais de 4000 cidades de 88 países no mundo aderiram à Hora do Planeta.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Aquecedor Solar de Baixo Custo - Projeto Gratuito

Galera quero compartilhar com vocês esse projeto de aquecedor solar de baixo custo, elaborado pela ONG Sociedade do Sol, um projeto muito bem elaborado que como o próprio nome diz é barato.

Com esse projeto você pode aquecer de 200 a 1.000 litros de água, destinado a substituir parcialmente a energia elétrica consumida por 36.000.000 de famílias brasileiras usuárias do chuveiro elétrico, em casas e apartamentos.

Esse projeto é muito simples de colocar em prática, assim como o outro projeto que postamos no início do blog o Aquecedor Solar Caseiro, que utiliza materiais recicláveis.

Aqui nesse link você pode baixar o manual de intalação, assim como todas as dicas para você montar hoje mesmo seu aquecedor solar de baixo custo e o melhor, tudo gratuito.

Acesse o site da ONG Sociedade do Sol e conheça outras informações.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Ervas Medicinais

Foto: Site www.oxossireidamata.com.br
Galera, vi essa dica muito bacana e achei legal compartilhar com vocês.

ABACATEIRO: diurético, combate a gota, o ácido úrico e elimina cálculos renais e biliares.
ABÚTUA: Muito útil nas dificuldades da menstruação atrasada, cólicas e nas febres intermitentes.
AGONIADA: Calmante das histerias, ameniza cólicas, menstruações difíceis e dolorosas e febres intermitentes. Substitui o quinino.
ALCACHOFRA: Ótimo diurético e eliminador do ácido úrico, reumatismo, atua nos distúrbios hepáticos e digestivos, aumenta a secreção biliar e faz baixar a pressão arterial. Evitar na lactação.
 ALECRIM: Muito útil na debilidade cardíaca, é excitante do coração e do estômago. Combate a flatulência, males do fígado, rins e intestinos.
ALFAFA:  Age nas anemias e hemorragias. Revigorante nos casos de fadiga e alimentação insuficiente.
 ALFAVACA: Tem poder antisséptico, cura feridas e hematomas. A infusão forte pode ser usada em gargarejos e bochechos contra dor de garganta, mau hálito e aftas.
 ALFAZEMA: Poderoso antisséptico, cicatrizante, estimula a circulação periférica, anti-depressiva, sedativa e analgésica.
AMOREIRA: As folhas são empregadas no combate ao diabetes, pedras nos rins e para limpar a bexiga.
 ANGÉLICA: Muito indicada no trato digestivo e na insuficiência de suco gástrico e problemas estomocais. Não é recomendado a diabéticos.
 ARNICA: Poderoso antinflamatório, tônico estimulante, antisséptica e analgésica.
 APERTA RUÃO:  Diurético, adstringente e tônico digestivo. A raiz em uso externo combate a Erisipela.
 AROEIRA: Balsâmico e adstringente empregada nas doenças de vias urinárias, como cistite. Nas bronquites, gripes e resfriados, combate a febre e secreções.
 ARRUDA: Indicado especialmente nos reumatismos, nevralgias, verminoses e problemas respiratórios, sua inalação abre os brônquios. É emenagoga, antiespasmódica e estimulante.
 ARTEMISIA: O chá combate problemas de ovários, ciclo menstrual irregular, lombrigas e anemia.
 ASSA PEIXE: Muito eficaz contra a gripe, tosse forte e bronquite, aliviando dores no peito e nas costas. Estanca o sangramento.
 AVENCA: Combate males respiratórios como bronquite e tosse com catarro.
 BANCHÁ: Digestiva de fino paladar, diurética e levemente tônica.
 BARBATIMÃO: Hemorragias uterinas, catarro vaginal e diarréias.
 BARDANA: Hipoglicemiante, anti-inflamatória, bactericida, depurativa e cicatrizante.
 BOLDO CHILENO: Poderoso digestivo e hepático, com propriedades tônicas e estimulantes, ativa a secreção salivar, biliar e gástrica em casos de hipoacidez e dispepsias.
CABELO DE MILHO: Poderoso diurético, regula as funções dos rins e da bexiga removendo areias e pedras.
CAJUEIRO: É estimulante do organismo, combate o diabetes e é anti-hemorrágico.
CALÊNDULA: Atialérgica e cicatrizante, ainda cura e diminui a gastrite e a úlcera duodenal, pois tem ação antitumoral.
CAMOMILA: Calmante, digestiva em casos de inflamações agudas e crônicas da mucosa gastrointestinal, colites, cólicas, é também antialérgico e anti inflamatório, podendo reconstituir a flora intestinal.
CANA DO BREJO: Excelente diurético, ajuda a eliminar pedras na bexiga, sífilis e inflamações nos rins.
CANELA: Aromática, estimulante da circulação, do coração e aumenta a pressão.
CAPIM LIMÃO: Sedativa, analgésica e anti-térmica. Combate o histerismo e outras doenças nervosa.
CARDO SANTO: Adstringente, diurético, expectorante e antisséptico.
CAROBINHA: Depurativos do sangue, contra sífilis, doenças de pele, doenças reumáticas e amebas intestinais.
CARQUEJA: Gastrite, má digestão, azia, cálculos biliares e prisão de ventre.
CASCARA SAGRADA: Forte laxante, que reestabelece o tônus natural do cólon do intestino e normaliza as funções do intestino.
CASTANHA DA INDIA: Amenizante a dor nas pernas e costas. Ativa a circulação, prevenindo acidentes vasculares.
CATUABA:  Afrodisíaco e tonificante. Indicado em casos de fadiga ou impotência sexual.
CAVALINHA: Anti-inflamatório, adstringente, e revitalizante.
CENTELLA ASIÁTICA: Com propriedades tonificantes ela normaliza a produção de colágeno e liberando células adiposas (gordura localizada).
CHAPÉU DE COURO:  Depurativo muito conhecido nas terapias de pele, tem efeito laxativo e estimulante da bílis. Pela ação nos rins e fígado reduz o ácido úrico e o reumatismo.
CIPO CABELUDO: Indicado em cólicas menstruais, nefrites, reumatismo e inflamações da bexiga.
CIPÓ MIL HOMENS: Estimulante dos rins, fígado e baço, ameniza cólicas intestinais e a febre.
CONFREI: A infusão forte deve ser usado em compressas, para acabar com irritações e espinhas na pele, ajuda na cicatrização de queimaduras e feridas.
CORDÃO DE FRADE: Ótimo diurético, que ameniza dores de estômago e fortelece convalescentes.
CRAVO DA INDIA: Excitante e aromático, alivia dor de dente. Facilita a menstruação.
DENTE DE LEÃO: Tônico hepático, diurético e depurativo do sangue, age no fígado e nos rins, é indicado para diabéticos.
DOURADINHA: Diurético eficiente na dificuldade em urinar, inflamações da bexiga eliminando pedras.
ERVA BALEEIRA: Anti-inflamatória, cicatrizante, tem a propriedade de remover hematomas.
ERVA CIDREIRA: Indicada em crises nervosas, taquicardia, histerismo e depressão.
ERVA DE BICHO: Tem efeito circulatório, ameniza hemorragias, hemorróidas e varizes.
ERVA SANTA MARIA: Cura indigestão, hemorróidas, varizes, facilita a menstruação, a circulação e combate doenças nervosas.
ERVA DE BUGRE OU PORANGABA: Emagrecedor, diurético, anticolesterol, diminue inchaço das pernas, estimula a circulação e o coração.
ERVA DE SÃO JOÃO: Anti-febril, muito eficiente contra dores de estômago, cólicas e gases.
ERVA DOCE: Calmante, combate insônia, náuseas, cólicas e vômitos.
ESPINHEIRA SANTA: Úlceras, antisséptica e cicatrizante.
EUCALIPTO :  Poderoso antisséptico,problemas pulmonares,bronquite, asma, inflamações da garganta.
FUCUS: Indicado para casos de hipotireoidismo, obesidade e disfunções da tireóide com baixa taxa de iodo.
GARRA DO DIABO: Indicada contra reumatismo, diabetes, arteriosclerose (melhora a flexibilidade das artérias) e doenças do fígado.
GENGIBRE: Estimulante gastrointestinal, é ainda um bom anti-inflamatório que apresenta resultados contra o reumatismo e artrites.
GINKGO BILOBA: Tem ação preventiva e curativa na oxidação das células e no envelhecimento. Estimulante da circulação, diminui a hiperagregação plaquetária, evitando tromboses. Indicado ainda contra micro varizes, artrite e cansaço nas pernas.
GUACO: Dissolve catarro dos brônquios, expele secreções típicas de resfriados e bronquite, amenizando inflamações de garganta.
GUARANÁ: Extraordinário estimulante, que dá energia física ao organismo.
GUINÉ: Indicada para dor de cabeça, enxaqueca, falta de memória e problemas nervosos.
GRAVIOLA: Emagrecedor, diminui o colesterol e baixa a pressão.
HAMAMELIS: Tem ação adstringente e vasoconstritora, diminui as secreções e ativa a circulação.
HIBISCO: Tem efeito laxante sem cólicas, melhora a digestão, aumenta a diurese e acalma os nervos.
IPÊ ROXO: Indicado em casos de bronquite, asma e arteriosclerose.
JUÁ: A casca é utilizada como dentifrício, os frutos são calmantes dos nervos e da azia. A raiz é diurética, ajuda a emagrecer,melhora as funções do fígado e bexiga.
JURUBEBA: Estimulante das funções digestivas, do fígado e baço. Indicado em casos de insuficiência hepática e prisão de ventre.
LARANJEIRA: Ótimo contra gripes e refriados, pois é depurativo e sudorífico, tem vitaminas e sais minerais.
LOSNA: Indicado contra doenças nervosas e falta de apetite.
LUPULO: Indicado em casos de insônia. É ainda digestiva e antibiótica.
MACELA: Indicado para problemas digestivos, azia e para acalmar cólicas abdominais.
MALVA: Indicada para problemas respiratórios, favorece a cicatrização e processos gastrointestinais, com benefícios à pele.
MARACUJÁ: Indicada em dores de cabeça de origem nervosa, ansiedade, perturbações nervosas. Contra-indicado em pressão baixa.
MARAPUAMA: Indicada em casos de esgotamento físico e impotência sexual.
MULUNGU: Calmante poderoso, analgésico e muito usado em manipulação, contra pressão alta.
NOGUEIRA: O chá das folhas limpa e fortalece o sangue, as nozes são ótimo alimento para os nervos, cérebro e crescimento.
OLIVEIRA: dilata as veias, desinflama a boca e garganta.
PARIETÁRIA: Muito usada em males dos rins, inflamações da bexiga, dissolve cálculos e alivia dores.
PARIPAROBA: Polivalente, age contra resfriados e asma e também contra os males do figado e baço, aliviando azia, úlceras e hemorróidas.
PATA DE VACA: Indicado em diabetes e elefantíase, com muito sucesso.
PAU TENENTE: Indicado em males do estômago e diabetes, baixa a taxa de açúcar no sangue, também age contra a malária e febre amarela.
PEDRA UME CAÁ: Empregada no tratamento do diabetes baixando a taxa de açúcar e colesterol.
PICÃO PRETO: Digestivo que também ajuda a remover pedras na vesícula e rins, dores de barriga.
PITANGUEIRA: Muito utilizada contra diarréia em crianças, bronquite, febre e ainda abaixa a pressão. É calmante infantil e bom para os nervos.
POEJO: Bom para gripes e resfriados mas seu limite de consumo é de duas xícaras ao dia.
PORANGABA OU ERVA DE BUGRE: Poderoso emagrecedor que diminue o colesterol.
QUEBRA PEDRA: Diurética, é ainda hipoglicemiante, antibactericida e anticancerígena, age principalmente no fígado.  Dissolve cálculos renais, promove a desobstrução da uretra e a eliminação do ácido úrico.
ROMÃ/CASCAS: Adstringente, contra inflamações de garganta, amígdala e cólicas. Elimina vermes e lombrigas.
SABUGUEIRO: Poderoso sudorífero nos processos gripais, resfriados, tosse, sarampo e caxumba. Elimina o ácido úrico, cálculos renais e toxinas do sangue.
SALVIA: Erva hipoglicemiante, que não é tão amarga como outras e ainda tem ação antiséptica, adstrigente e estimulante.
SALSAPARRILHA: Depurativo do sangue, combate a gota, ácido úrico e reumatismo. Diminui a dificuldade em urinar, elimina pedras nos rins e bexiga.
SENE: Indicado em casos de prisão de ventre, tomar no máximo uma xícara por dia e no máximo dez dias seguidos.
SETE SANGRIAS: É indicado no tratamento da arteriosclerose, hipertensão e palpitações no coração.
SUCUPIRA: Semente depurativa, oleosa, contra manchas de pele, eczemas, feridas na pele. Antireumática e anti hemorrágica.
TANCHAGEM: Indicada  em casos de diarréias e hemorragias pós-parto.
UNHA DE GATO: Antireumático, ameniza dores nas costas e nas pernas.
URTIGA: De ação vasoconstritora e depurativa, a urtiga é revitalizante, hipoglicemiante e tônico capilar. Melhora a circulação sanguínea.
VALERIANA: Poderoso calmante, tem ação antiespasmódica e anestésico.
ZEDOÁRIA: Poderoso depurativo do sangue, ativa a circulação provocando a dilatação dos vasos sanguíneos. Ótimo digestivo, normaliza as funções do fígado, estômago e duodeno.

Consulte sempre um médico As informações contidas aqui são baseadas em indicações contidas em livros dos seguintes autores: Alfons Balbach, Silvio Panizza e Irmão Cirilo (Plantas que curam)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

1/3 dos alimentos que você compra vai direto para o lixo

Há um ano o Instituto Akatu lançou nos canais abertos do Brasil uma campanha que chocou muita gente. Para mostrar que 1/3 dos alimentos comprados na feira do mês apodrecem sem uso, o vídeo mostra alface, mamão e até carne fora da validade e cheios de bichos.

A campanha quer conscientizar o cidadão que o desperdício do alimento custa caro para quem comprou e para a sociedade. Pois, além de ser um valor mal empregado, aumenta a produção de lixo, os gastos com a coleta e o tratamento.

O site da campanha ainda está no ar. Nele há uma animação com dicas para reduzir o desperdício e uma calculadora eletrônica para calcular o desperdício de sua casa.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Água será o recurso mais impactado pelas mudanças climáticas

A água pode ser o recurso natural mais impactado pelas mudanças climáticas, afirmaram especialistas da ONU, no domingo, 7 de fevereiro. Além de problemas como desertificação, enchentes, derretimento de geleiras, ondas de calor, ciclones e doenças transmitidas pela água, como o cólera, a crise da água ainda pode causar conflitos em diversas regiões do planeta.

"As principais manifestações ligadas à alta das temperaturas dizem respeito à água", disse em entrevista à agência Reuter o presidente da ONU-Água, Zafar Adeel. Ele coordena os trabalhos relacionados à água entre 26 agências das Nações Unidas, é diretor do Instituto de Água, Meio Ambiente e Saúde, sediado no Canadá e pertencente à Universidade das Nações Unidas.

Parte vital de todos os sistemas naturais e habitats, as perturbações causadas pelo desequilíbrio ambiental podem ameaçar a agricultura e o suprimento de água potável, desde a África até o Oriente Médio.
"E isso gera potencial para conflitos," disse Adeel ao citar o exemplo de Darfur, no Sudão, que tem seu conflito agravado pelas décadas de secas, desertificação e superpopulação.


Cooperações
Mesmo com a capacidade de gerar guerras entre diversos povos, a carência de água pode servir como pretexto para promover ações de cooperações entre as regiões. "A água é um ótimo meio para cooperações. Costuma ser uma questão desvinculada da política e com a qual é possível trabalhar", defendeu Adeel.

Ele lembrou casos, como o da índia e Paquistão, que colaboraram para gerir o Indo, apesar de seus conflitos de fronteira, e Vietnã, Tailândia, Laos e Camboja, que cooperam na Comissão do rio Mekong.

"Há muito mais exemplos de cooperação internacional bem sucedidos que de conflitos em torno de água", reforçou também em entrevista à Reuters, Nikhil Chandavarkar, do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU e secretário da ONU-Água.

"Estamos tentando aproveitar os exemplos bons de cooperação, como o Mekong e o Indo. Mesmo quando havia hostilidades entre os países em volta, os acordos funcionaram", completou.

Secas por todo o mundo
 Segundo o painel de especialistas da ONU, até 2020, 250 milhões de pessoas na África poderão sofrer ainda mais com a escassez de água. Dados da agência Reuters apontam que a Ásia central e o norte da África ficarão mais secos em função das mudanças climáticas e mais pessoas, além das de 2,8 bilhões atuais, não terão acesso a saneamento básico.


Tudo isso faz do tema algo cada dia mais relevante nas discussões sobre segurança alimentar, paz, mudanças climáticas e recuperação da crise financeira. "A água é fundamental em cada uma dessas discussões, mas não costuma ser percebida como tal", disse Adeel.

Uma alternativa sugerida pelo presidente da ONU-Água é aumentar o gerenciamento da água, contabilizando quanto dela é embutida nos produtos comercializados em todo o mundo. Segundo Adeel, um estudo mostrou que são necessários 15 mil litros de água para produzir uma única calça jeans.

A administração desse consumo, mais uma conscientizar das indústrias sobre o gasto de água, são opções para ajudar a promover a conservação do recurso natural, defendem.


Via > Eco Desenvolvimento.org

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Zilda Arns - Uma grande lição de amor ao próximo e à vida

 Após um fim de ano com muito trabalho, e sem o tempo necessário para dedicar ao blog, li essa linda matéria  escrita por Daniela Pessoa sobre Zilda Arns, e o blog Verde Visão deixa aqui sua homenagem à essa mulher que é um exemplo a ser seguido por todos.

Ela escolheu a medicina, mais do que profissão, como uma missão de vida. Zilda Arns, médica pediatra e sanitarista nascida em Santa Catarina, enveredou pelos caminhos da saúde pública para salvar crianças pobres da mortalidade infantil, da desnutrição e da violência familiar e social. A solidariedade estava no sangue e o desejo de ajudar o próximo era inabalável. Vítima do terremoto que assolou, no dia 12 de janeiro, o Haiti, a médica tinha 73 anos, morava em Curitiba e deixa cinco filhos, dez netos, mais uma grande lição de amor ao próximo, de vida.
 
A médica era uma mulher que vivia para a assistência humanitária e essa foi sua grande lição. Em 27 anos de trabalho, a Pastoral da Criança conta com a ajuda de mais de 260 mil voluntários e atende quase 2 milhões de gestantes e crianças menores de seis anos, além de 1,4 milhão de famílias pobres em 4.063 municípios brasileiros. 

Não à toa, o reconhecimento por seu trabalho atravessou fronteiras. Zilda Arns participou de eventos em diversos países da África, Europa, além de percorrer toda a América Latina divulgando o trabalho da Pastoral da Criança. 
 
Sua atuação rendeu diversos prêmios e homenagens no Brasil e no mundo, como a comenda da Ordem do Rio Branco (2001), Prêmio de Direitos Humanos (USP / 2000), Personalidade Brasileira de Destaque no Trabalho em Prol da Saúde da Criança (conferido em 1998 pela Unicef), Heroína da Saúde Pública das Américas (conferido pela Organização Pan-Americana de Saúde em 2002).

O prêmio Woodrow Wilson veio em 2007, o Opus Prize, da Opus Prize Foundation (EUA), chegou em 2006 pelo inovador programa de saúde pública que ajuda milhares de famílias carentes. Além disso, Zilda recebeu o título de doutor honoris causa em cinco universidades, entre outros prêmios. Em 2001, a Pastoral da Criança brasileira concorreu ao Prêmio Nobel da Paz, conferido ao então secretário-geral da ONU, Kofi Annan.

O governo paranaense decretou luto oficial por três dias. Que esse tempo possa servir para todos nós refletirmos sobre o legado humanitário de Zilda Arns e nos inspirarmos nessa mulher que abraçou o Brasil e o mundo.

Veja a matéria completa escrita por  Daniela Pessoa em Msn Mulher.
 

  © Verde Visão 2008-2010. Todos os direitos reservados | Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br